Após fraudar pensão do INSS mulher vai parar na cadeia

Moradora de Fazenda Rio Grande é presa em sua residência, após uma denuncia por suspeita de estelionato.

A suspeita foi presa com documentos e cartões do banco em nome de sua irmã biológica, no bairro Eucaliptos.

De acordo com agentes da Polícia Civil do Paraná (PCPR), a suspeita de 21 anos foi presa  em flagrante pelos crimes de estelionato, apropriação indébita e uso de documento falso.

A prisão se deu mediante denuncia, nesta segunda-feira (04).

O denunciante, informou aos policiais  que uma mulher estaria utilizando identidade falsa,  com o objetivo de fraudar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Após investigações, a PCPR descobriu que a suspeita usou documentos falsos, para receber o benefício de pensão por morte do pai e também para fazer empréstimos em instituições financeiras com facilidade.

Na Delegacia, a mulher que não teve o nome revelado, confessou que fraudava o INSS desde 2017, ela ainda alegou que o dinheiro era para ajudar no sustento da família, já que ela e outras irmãs perderam o benefício ao completar 21 anos.

A única filha que ainda tinha direito à pensão, era a irmã mais nova de 21 anos e que acabou sendo vítima dos delitos cometidos pela sua irmã mais velha.

A suspeita está presa e se encontra a disposição da Justiça.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com