Rompimento de oleoduto da Petrobrás causa vazamento de combustíveis no Rio Despique e moradores ficam prejudicados em Fazenda Rio Grande

Óleo derramado no Rio Despique, deixa moradores sem água

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) informou que houve o rompimento de um oleoduto, da Petrobras em São José dos Pinhais nesta sexta-feira (15).

Com o vazamento de óleo metade dos moradores de Fazenda Rio Grande, ficaram sem água.

De acordo com a Defesa Civil de São José dos Pinhais  o vazamento ocorreu após uma tentativa de furto.

O vazamento afetou a captação de água do Rio Despique, interrompendo o fornecimento de água para 50% dos moradores da Fazenda Rio Grande.

Com a paralisação desta captação, o abastecimento está sendo feito somente pela captação emergencial das Cavas, que atende apenas a um terço da vazão necessária.

A Sanepar só vai poder voltar a operar após o conserto da tubulação e quando a água do rio apresentar condições favoráveis para passar pelo processo de tratamento.

Por isso, segundo a companhia, a parte da cidade que não está no rodízio de abastecimento causado pela estiagem também acabou ficando desabastecida.

Abaixo os bairros afetados:

Parque Industrial

Jardim Itália

Eucaliptos

Hortência

dos Estados

Gralha Azul

Jardim Veneza

Colonial

Nações

Santarém

Palmeiras

Sol-Levante

Santa Helena

Santa Maria

Santa Terezinha

São Sebastião

Iguaçu

De acordo com informações repassadas não há uma previsão exata para a retomada da captação e produção de água, somente após o conserto do oleoduto.

A Sanepar orienta  que os moradores façam uso racional da água, bem como para os hábitos de higiene, principalmente para a prevenção do Coronavírus (Covid-19).

A prioridade deve ser alimentação e higiene pessoal, outras atividades, como lavar carros, calçadas, regar jardins, devem ser adiadas para quando passar o período de estiagem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com